Cine Transcendência

A realidade do homem fora dos limites da própria experiência material é a essência dos oito filmes que o CineCAL exibe, em novembro. São histórias que falam de reencarnação, meditação, milagre, espiritualidade, solidão e sentimentos de culpa e de desamparo que levam à reflexão e promovem mudanças interiores nos seres humanos. Entrada franca.

Programação

Dia 01 de novembro (terça-feira) 

A reencarnação de Manika (França). Direção de François Villiers, 1989, 106 min. Daniel, um padre irlandês recém-chegado ao um vilarejo indiano,  não se cansa de ouvir a menina Manika contar fatos sobre sua vida passada, que teria ocorrido em uma cidadezinha no Nepal. As histórias são tão cheias de detalhes, que o padre decide levá-la até lá. A viagem será uma descoberta para os dois. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 03 de novembro  (quinta-feira)

O garoto da bicicleta (Bélgica, França, Itália). Direção de Jean-Pierre e Luc  Dardenne, 2011, 87 min. O objetivo de Cyril Catoul, um garoto de 11 anos,  é encontrar o pai, que o deixou em um orfanato. Por acaso, ele conhece Samantha, a administradora de um salão de cabeleireiro, que permite que o garoto passe os fins de semana com ela. Mas,  ele não consegue reconhecer o carinho com o qual é tratado por Samantha, graças à raiva que sente por ter sido abandonado pelo pai. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 08 de novembro  (terça-feira)

A árvore da vida (EUA). Direção de Terrence Malick, 2011, 138 min. Os O'Brien tiveram três filhos, criados com grande rigidez pelo pai. O mais velho deles sempre teve atritos com o pai, em parte por reconhecer em si mesmo um pouco dele. já adulto, ele enfrenta um forte sentimento de culpa devido à morte de seu irmão. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 10 de novembro (quinta-feira) 

Homens e deuses (França). Direção de Xavier Beauvois, 2010, 120 min. Na década de1990, um grupo de oito monges franceses vive em um mosteiro localizado no alto de uma montanha na Argélia. Eles vivem em perfeita harmonia com a comunidade muçulmana local. O exército oferece proteção contra as ameaças que surgem, mas os monges a recusam, preferem levar sua vida de forma simples, independentes, despreocupados com  o que pode acontecer a eles. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 17 de novembro (quinta-feira)

Num mundo melhor (Dinamarca/Suécia). Direção de Susanne Bier, 2010, 119 min. Em uma nação africana devastada pela guerra, um médico cirurgião enfrenta um fluxo constante de perda e tragédia. Enquanto isso, na Dinamarca, sua mulher está preocupada com seu filho mais velho que é constantemente perseguido por Sofus, o valentão da classe. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 22 de novembro (terça-feira)

Primavera verão outono inverno... Primavera (Coréia do Sul). Direção de Kim Ki Duk, 2003, 103 min. Ninguém é indiferente ao poder das quatro estações e de seu ciclo anual de nascimento, crescimento e declínio. Nem mesmo os dois monges que compartilham a solidão, em um lago rodeado por montanhas. Assim como as estações, cada aspecto de suas vidas é introduzido com uma intensidade que os conduz a uma grande espiritualidade e à tragédia. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 24 de novembro  (terça-feira)

A Festa da Menina Morta (Brasil). Direção de Matheus Nachtergaele, 2009, 110 min. Há mais de 20 anos uma pequena população ribeirinha do alto Amazonas comemora a Festa da Menina Morta. O evento celebra o milagre realizado por Santinho, que após o suicídio da mãe, recebeu em suas mãos, da boca de um cachorro, os trapos do vestido de uma menina desaparecida. Classificação indicativa: 14 anos

Dia 29 de novembro (terça-feira)

Je vous salue, Marie (França). Direção de Jean-Luc Godard, 1985, 107 min. Através de duas histórias paralelas e distintas, o diretor nos oferece sua versão para a concepção da Virgem. Maria é uma jovem estudante que joga basquete e trabalha no posto de gasolina de seu pai. Classificação indicativa: 18 anos

Local: Auditório Gonzaguinha (térreo) da Casa da Cultura da América Latina
SCS Quadra 4, Edifício Anápolis. Telefone 3321.5811
Realização: CAL/DEX/UnB

Brasília, 31 de outubro de 2016
Núcleo de Comunicação Social da CAL