Gira Curta

O 5º Festival Curta Brasília traz dentro da sua programação o Gira Curta, a mostra itinerante antecede o festival – que acontece entre os dias 15 a 18 de dezembro – e tem como objetivo fortalecer espaços de exibição e de debate do DF que contribuem para formação de público, difusão e incentivo local e nacional, além de fomentar seus acervos audiovisuais.

No devagar depressa dos tempos, da diretora Eliza Capai. Divulgação.

Em 2016, estão disponíveis para exibição em diferentes locais 24 curtas nacionais, todos eles destaques em edições anteriores do Curta Brasília. Os filmes estão divididos em oito programas temáticos, pensados para diferentes perfis de público e passando por diversos gêneros e propostas cinematográficas, do drama à comédia, da animação ao documentário. A Casa da Cultura da América Latina recebe os filmes da mostra itinerante nos dias 25 de novembro e 2 de dezembro, com sessões às 12h, 14h, 16h e 18h.

Dá licença de contar, do diretor Pedro Serrano. Divulgação.

Programação

Dia 25 de novembro (sexta - feira)

Programa 1 – Agora é que são delas
Horário: às 12h

Ninguém nasce no paraíso (DF/PE), 2015
Direção: Alan Schvarsberg. Documentário, 25min, livre
Graça (RJ), 2013
Direção: Ana Clara Peltier. Ficção,15min, livre
No devagar depressa nos tempos (SP), 2014
Direção: Eliza Capri. Documentário, 25min, livre

Programa 2 – Marcas da pele
Horário: às 14h

Braços abertos, portas fechadas (RJ), 2012
Direção: Fernanda Palacow e Juliana Borges. Documentário, 26min, livre
Égun (MG), 2015
Direção: Helder Quiroga. Animação, 12min, livre
Procura-se Irenice (SP), 2015
Direção: Marco Escrivão e Thiago B. Mendonça. Documentário, 25min, livre

Programa 3 – Ordem e progresso
Horário: às 16h

Indíos no poder (DF), 2015
Direção: Rodrigo Arajeju. Documentário, 20min, 10 anos
Enquanto o sangue coloria a noite, eu olhava as estrelas (SP), 2015
Direção: Felipe Arrojo Poroger. Ficção, 15min, 12 anos
Quando eu parei de me preocupar com os canalhas (SP), 2015
Direção: Tiago Vieira. Ficção, 15min, livre

Programa 4 – Sobre samba, super-herói e China
Horário: às 18h

Meu pequeno herói não sabe voar (SP), 2015
Direção: Pedro Jorge. Ficção, 19min, livre
Até a China (RJ), 2015
Direção: Marcelo Marão. Animação, 15min, livre
Dá licença de contar (SP), 2015
Direção: Pedro Serrano. Ficção, 17min, livre
Dia 2 de dezembro (sexta - feira)

Programa 5 – Simulado
Horário: às 12h

A última reunião dançante (RS), 2012
Direção: Lisandro Santos. Animação, 12min, livre
Tant pis – capítulo 1 (SP), 2015
Direção: Bruna Rodrigues. Documentário, 25min, 10 anos
Vagabunda de meia tigela (DF), 2015
Direção: Otavio Chamorro. Ficção, 25min, 14 anos

Programa 6 – Fora do centro
Horário: às 14h

Afonso é uma Brazza (DF), 2015.
Direção: James Gama e Naji Sidki. Documentário, 23min, 14 anos
Meio fio (DF), 2014
Direção: Denise Vieira. Ficção, 20min,10 anos
Quintal (MG), 2015
Direção: André Novais Oliveira. Ficção, 20min, 16 anos

Programa 7 – País de todos
Horário: às 16h

Sala de estar (DF), 2015
Direção: Pedro Cardoso. Documentário, 9min, livre
O teto sobre nós (RS), 2015
Direção: Bruno Carboni. Ficção, 22min, 12 anos
Em transito (PE), 2013
Direção: Marcelo Pedroso. Ficção, 18min, livre

Programa 8 – Respeitável público
Horário: às 18h

Sutil encanto (DF), 2014
Direção: Filipe Duque. Ficção, 17min, livre
A noite dos palhaços mudos (SP), 2012
Direção: Juliano Lucacs. Ficção, 15min, 12 anos
Matzeiva – Uma lápide para Juliano Mer-Khamis (SP), 2011
Direção: Silvio Tendler. Documentário, 5min, livre

Fonte: site http://www.curtabrasilia.com.br/

Brasília, 23 de novembro de 2016
Núcleo de Comunicação Social da CAL