Semana da Francofonia

Evento celebra a diversidade do idioma francês

De 13 a 31 de março, em diversos espaços  de Brasília, acontece a 20ª Semana da Francofonia, que reúne 27 países integrantes da Organização Internacional   da Francofonia. A ideia é celebrar a diversidade do idioma oficial em 33 países do mundo e falado por 542 milhões de pessoas do planeta, seja fluentemente, como segunda língua ou como língua estrangeira. O francês e o inglês  são as únicas línguas maternas faladas e ensinadas nos cinco continentes.

 

Zaz, uma das atrações do evento. Divulgação

Neste ano, a organização  da Semana está a cargo da Embaixada do Gabão. A exposição Palavras sem fronteiras – mídias convergentes,  baseada no livro organizado pelo acadêmico e diplomata Sérgio Corrêa da Costa, abre a programação, dia 14, no Salão do Itamaraty. A mostra, fruto de um ensaio publicado na França, em 1999,  e apoio da Academia Francesa, retrata os incontáveis empréstimos léxicos, que combina instalações multimídia e vídeos de artistas para ilustrar, de maneira pedagógica e lúdica, essa fascinante migração de palavras de uma língua para a outra.

Com uma programação pensada pelas 50 embaixadas  que compõem o grupo da francofonia, na capital do País, a Semana vai contar com exibições de filmes, palestras, debates, shows, leituras de poesias e lançamento de livros e  com o projeto Goût de/Good France, que reunirá mais de mil chefs de cozinha de cinco continentes no intuito de celebrar a gastronomia francesa acontece, dia 21, em vários restaurantes da cidade.


A Guarda.

O tradicional Bazar, que conta um pouco da história dos países francófonos por meio da comida e do artesanato, acontece dia 19 (domingo), nos lindos jardins de Burle Marx e no  estacionamento principal da unidade da Asa Sul da Aliança Francesa (SEPS 708/907- Lote A). Entre a enorme variedade de pratos típicos, o destaque são os pães franceses e queijos suíços. A grande novidade, deste ano, é que a entrada será gratuita e as crianças contarão com uma área especial para brincadeiras.

O evento nasceu da iniciativa de três eminentes francófonos e chefes de Estados africanos: Léopolde Sédar (Senegal), Habib Bourguiba (Tunísia) e Hamami Diori (Níger). Programação completa: http: //www.afbrasilia.org.br/francofoniaembrasilia.

Fonte: site Acha Brasília, AfBrasília

Brasília, 13 de março de 2017