Arte com Papel

Centro de Excelência em Turismo (CET) da Universidade de Brasília sedia, entre os dias 12 e 16 de setembro, o Congresso IAPMA 2016. Realizado pela primeira vez na América do Sul, o evento, organizado pela Associação Internacional de Artistas Papeleiros e Fabricantes de Papel Artesanal (IAPMA), propõe a troca de experiências e pesquisas sobre o assunto, tendo como foco a demonstração do potencial da arte do papel artesanal em sua diversidade de manifestações.

Da natureza, são oriundos os materiais diversos com que trabalham os artistas na produção de suas obras com papel. É com esses elementos que eles se debruçam em uma diversidade de técnicas e estéticas possíveis para uso da criatividade. Foi pensando nesses dois aspectos que o tema escolhido para esta 23ª edição, comemorativa dos 30 anos da IAPMA, é Natureza, Diversidade, & Arte do Papel.

A decana de Assuntos Comunitários da UnB, Thérèse Hofmann é a coordenadora do comitê organizador do congresso no Brasil, junto à presidência da IAPMA. Ela ressalta o papel pioneiro da Universidade em pesquisas sobre o assunto no país. “Temos na UnB duas patentes sobre reciclagem e um trabalho de mais de três décadas com papel artesanal. A instituição está junto com os pioneiros do Brasil”.

Hofmann considera essa uma oportunidade para que a Universidade possa compartilhar pesquisas e o conhecimento sobre essa arte. “É muito importante essa troca de informações, mostrar o que está sendo feito, nosso pioneirismo na produção de pesquisas e divulgação desta técnica milenar. O papel não é só suporte para outras expressões como a gravura, pintura e desenho, ele pode ser a obra de arte por si mesmo. Ele é a expressão”, declara a decana.

DESTAQUES - Pesquisadores e artistas plásticos de diversos países participam das apresentações, palestras, mesas de discussões, demonstrações, oficinas e exposições que integram a programação. Entre os convidados, a artista japonesa Mika Horie ministrará, na terça-feira (13), uma oficina para produção do papel Washi, feito com o uso de técnicas milenares do Japão. O trabalho de Horie mistura o uso de matéria-prima orgânica para fabricação de papel artesanal à impressão fotográfica.

Por sua vez, a palestra Moinho Brasil, um mar de papéis, traz na quarta (14) Antoni LLoret Ortínez e Renata Telles, proprietária de empresa que valoriza a sustentabilidade e é líder na fabricação de papéis artesanais da América Latina. Filha do artista plástico Otávio Roth, um dos pioneiros no país na pesquisa e difusão do papel artesanal, Isabel Roth participará de atividade no dia 12 para homenagear a vida e a obra do pai.

ARTE COM PAPEL - A capital federal também receberá, dentro da programação do evento, exposições com artistas nacionais e internacionais especialistas nessa arte. É uma oportunidade para que os participantes conheçam trabalhos e técnicas de papeleiros da cena contemporânea.


Foto: Divulgação / Laboratório Experimental de Materiais Expressivos

O espaço de exposições do Centro Cultural da ADUnB será inaugurado na segunda-feira (12), às 20h30, com a vernissage da exposição Da Natureza para a Natureza, que reúne obras feitas com papel artesanal de nomes do mundo inteiro até o dia 30 de setembro. A curadoria é das artistas plásticas Eliane Magnani e Ângela Barbour. A visitação ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.


Foto: Gabriela Rocha

Na terça-feira (13), o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) recebe duas exposições. Natureza e Diversidade é tema de uma delas, organizada em comemoração aos 30 anos da IAPMA. A exibição se estende até o dia 31 de outubro, de quarta a segunda-feira, das 9h às 20h. Em outra, o artista plástico paulista Otávio Roth, falecido em 1993, será homenageado com uma seleção de suas obras relevantes. Consagrado mundialmente, Roth imprimiu e encadernou cinco exemplares da Constituição nacional em pergaminho. Uma das versões se encontra no Congresso Nacional.

Três exposições também serão montadas na Casa da Cultura da América Latina e ficarão em cartaz até 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Obras de artistas estrangeiros especialistas na área serão apresentadas na mostra The Luminous Within, cuja abertura será no dia 14 de setembro, às 18h30. A artista multimídia Josely Carvalho também exibe seu trabalho no espaço. O público poderá conferir, ainda, uma exposição com pesquisas do Laboratório de Papel Artesanal da UnB.

Mais informações sobre o congresso podem ser obtidas pelo telefone 99976-7709 ou pelo e-mail iapmacongress2016@gmail.com.

Fonte: Portal da UnB